Sobre alcançar objetivos…

No comments

Quando temos algum objetivo a alcançar, inevitavelmente em alguns momentos poderá vir a vontade de desistir da caminhada…Muito esforço, cansaço, desafios que surgem, dificuldades que não eram previstas. Aquela energia inicial e sensação de que conseguiria alcançar, pode ficar mais distante…

Neste momento, é importante olhar e reconhecer o processo. Será que o imediatismo está dominando? Queria chegar mais rápido e mais fácil?

É importante também ser honesto e pensar: qual a relevância de alcançar aquilo?

Se for algo ainda muito importante, que trará realização na linha de chegada, encontre sua forma de renovar a mente e energias.
Trace novos planos e estratégias. Fale com outras pessoas…faça o que pode fazer, mas continue sua caminhada rumo àquilo que é importante pra você. Tudo o que fazemos ou deixamos de fazer tem consequências. Lembrar-se disso nas atitudes diárias faz diferença.

(créditos imagem: tirachard Freepik)

Patrícia SchuindtSobre alcançar objetivos…
Ler mais

Como realizar o que imaginou para 2017?

No comments

Esse texto é para você que, na passagem de ano, imaginou muitas coisas que gostaria de realizar em 2017. Mas, ao mesmo tempo, sabe que colocar em prática e tornar tudo isso realidade, é um grande desafio…

Separei 7 palavras que te ajudarão nessa caminhada:

1) Decida: o que você realmente quer priorizar para que aconteça este ano? Muitas coisas passam pela nossa mente, tocam nossas emoções, nos energizam. Isso é muito bom! Mas há um momento de escolha. Há um momento de se responsabilizar pelo que você quer que aconteça. E isso envolve a decisão consciente de dizer para você mesmo – vou dedicar meus esforços e atenção nisso. E então, o que você decide hoje colocar efetivamente em prática em 2017? Pense em sua vida pessoal e profissional.

2) Escreva: anote o que pensou. É tão simples, mas tão simples fazer isso, e pode fazer uma enorme diferença para que as coisas aconteçam, por dois motivos: primeiro, pois quando você anota, reforça seus pensamentos e deixa mais claro o que de fato você decidiu, em meio a tantas ideias. Segundo, ter as anotações, facilitará os demais passos – execução, acompanhamento e, por fim, checagem dos avanços. Não sobrecarregue sua memória, nem engane a si mesmo dizendo que vai lembrar de tudo…Para isso, escolha a melhor ferramenta e local – papel, aplicativos, computador.

3) Planeje: e faça isso do jeito mais simples para você. A ideia básica aqui é: ok, eu quero realizar isso em 2017, então, o que preciso fazer? Depois de pensar nessa pergunta, seja muito prático e transforme em metas menores, pequenos passos até chegar ao objetivo maior. E lembre-se de se perguntar sempre: QUANDO farei isso? Um erro comum é não conciliar de forma prática seus planos com sua rotina. Algo que pode ajudar, é ter uma lista de tarefas diárias e semanais, e olhar com frequência para ela, além da possibilidade de usar alertas para se lembrar de algumas atividades específicas (qualquer celular tem algum recurso que pode te ajudar nisso).

4) Assuma: o que pode te atrapalhar? Assumir possíveis dificuldades, internas e externas, pode te ajudar a criar formas de driblá-las. Seja honesto com você. Ser otimista e positivo é excelente, mas é diferente de ser negligente e fantasioso. Seja realista em sua análise e confiante no que pode fazer. A ideia é contornar situações e chegar ao seu objetivo.

5) Fale: converse com pessoas que possam te ajudar. Sejam profissionais de áreas específicas, amigos ou família. Pessoas de sua confiança, com quem possa contar. Não é o objetivo aqui criar uma dependência, ou deixar sua responsabilidade com outras pessoas, mas sim ter apoio e suporte. Isso pode facilitar seus avanços.

6) Reconheça: com o passar do tempo, você terá realizado algumas coisas e outras não. Com frequência, pense sobre isso. Reconheça o que você fez e pratique a gratidão e o olhar positivo sobre si. Reconheça o que você não fez e se reorganize para fazer. É incrível o efeito que isso pode fazer.

7) Reflita: o principal vilão que vejo atrapalhar a execução de planos, é o piloto automático. Em sua rotina, há um grande risco de você se distanciar de tudo que imaginou que gostaria de realizar em 2017. Então, saia sempre do piloto automático e pense sobre os 6 passos anteriores de forma dinâmica.

Por fim, de modo mais macro, lembre-se sempre de agir com SABEDORIA para aproveitar o tempo, fazer escolhas e agir. Tenha disposição em APRENDER como colocar em prática o que valoriza e que é importante para você. Desejo sucesso em seus planos em 2017! E que ao final dele, sinta-se realizado por quem se tornou e o que conseguiu colocar em prática.

Patrícia SchuindtComo realizar o que imaginou para 2017?
Ler mais

Sem editais abertos, concurseiros devem ajustar os planos

No comments

Tive a oportunidade de participar de uma entrevista para o Estadão, sobre plano de carreira para concurseiros, diante do cenário atual, veja aqui: http://educacao.estadao.com.br/noticias/geral,sem-editais-abertos-concurseiros-devem-ajustar-os-planos-diz-especialista,10000072198

Patrícia SchuindtSem editais abertos, concurseiros devem ajustar os planos
Ler mais

2016 – Recalcular a trajetória e seguir adiante

No comments

Do início do ano até hoje, o quanto você evoluiu com relação àquilo que considerava ser muito importante para você em 2016?

Assim como quando você vai fisicamente de um lugar para outro e precisa pensar: “onde estou, para onde quero ir e como faço pra chegar lá”, precisa pensar sobre as áreas de sua vida fazendo as mesmas perguntas – e ir adiante.

Quando você pensa onde está e se reorganiza, está dando um passo importante para sair da inércia do que vai acontecendo e não será levado por qualquer caminho que aparecer.

Pensando um pouco sobre o momento em que estamos – o meio do ano – fiz um roteiro de perguntas para te ajudar a refletir sobre isso. Separe um tempo para pensar e anote suas respostas (no celular, computador ou com papel e caneta). Muitas pessoas têm relatado diminuição de ansiedade e insegurança, pelo fato de “tirar as coisas da cabeça, colocar no papel e ir pra prática”. Experimente fazer isso também.

Vamos voltar um pouco ao tempo – Quais foram as principais decisões, metas e planos, para sua vida pessoal profissional, espiritual, saúde, relacionamentos…?

– O quanto você já evoluiu com relação a isso?

– Quais são as adaptações que você precisa fazer para continuar caminhando em direção ao que quer?

– Que pensamentos e comportamentos você quer manter e reforçar?

– O que você ganha se persistir?

– Quais são seus próximos passos? (Separe pequenos e grandes passos – siga adiante!)

– Tem algo ou alguém que possa te ajudar?

Gerenciar seu tempo e seus planos é fazer escolhas quanto à sua vida, pois cada dia do ano, vai ser uma página em sua história. Sobre muitas coisas você não tem controle, mas aquilo que depender de você, faça da melhor maneira que puder.

Patrícia Schuindt2016 – Recalcular a trajetória e seguir adiante
Ler mais

Eureka – Procurar caminhos alternativos

No comments

Um plano não deve servir para te parar caso algo não dê certo ou se a rota mudar.

Ele deve servir para que você avance em direção ao que quer e tenha clareza sobre os passos.

Muitas vezes é preciso ser flexível para fazer ajustes na trajetória e encontrar caminhos alternativos, mantendo o foco do que você quer.

“Quando meu plano não der certo, quero permanecer persistente, deixar o desânimo de lado e procurar caminhos alternativos”. (Insight de uma pessoa no Processo de Coaching). 

Patrícia SchuindtEureka – Procurar caminhos alternativos
Ler mais

Luz, Câmera, Ação

No comments

O que você quer? Faça planos, sonhe, deixe fluir suas ideias…

 

Mas, atenção: olhar exageradamente para o futuro, para tudo o que há por realizar, focar no que falta, olhar tudo como não sendo suficiente, pode ser uma tendência perigosa, resultando em ansiedade e insatisfação constantes. Reconheça seu esforço, conquistas, avanços, mudanças, crescimento, superações, aprendizados.

Reconheça o que você já fez e quem você é!

E, então, O que você pode fazer hoje? É no presente que você pode estar e agir.

Saia das ideias, vá para a prática. Não espere a possibilidade de andar todos os passos de uma vez ou de dar enormes passos; siga adiante em doses ajustadas ao que é possível fazer no momento. Quando perceber, já avançou!

Patrícia SchuindtLuz, Câmera, Ação
Ler mais

Como manter-se conectado ao que você quer alcançar este ano?

No comments

Início do ano. Novos começos, planejamentos estruturados e energia renovada. Foi o que percebi na grande maioria de pessoas com as quais tive contato. Fase boa. Sentimento positivo. Algumas das pessoas relataram ter medo de “sair dos trilhos” e não conseguir obter todos os ganhos que poderiam ter se levassem adiante tudo que determinaram para si nessa fase.

A pergunta que fiquei em mente ao perceber isso foi: Como manter esse estado positivo ao longo do ano?

Cada um pode encontrar sua melhor forma de fazer isso. Mas, hoje falarei de um aspecto que considero importante neste sentido. Nos próximos dias, compartilharei sobre mais dois assuntos. Compartilhe também suas respostas para a pergunta!

 

FAÇA CHECAGEM DOS PLANOS COM A FREQUÊNCIA ADEQUADA

Como você conduz a execução de seus planos e implantação de ideias?

Isso pode fazer toda diferença para que consiga evoluir. Segue um possível roteiro para te ajudar nesse caminho.

1) Escreva seus planos e ideias no papel ou em ferramentas virtuais.

2) Faça uma classificação por prioridade.

3) Agora, defina para cada item, quais os três primeiros passos de forma clara, específica e realista.

4) Defina uma frequência para olhar para suas anotações e checar como está evoluindo, verificar o que já fez, o que fará em seguida e definir as adaptações que precisa fazer. O que te fará lembrar disso? Use as tecnologias ao seu favor – notificações ajudam muito.

5) Siga o que desenhou até concluir todas as etapas. Sempre comemorando cada avanço e reconhecendo as evoluções.

6) E, para finalizar, quais são as três principais atitudes que você quer ter ao longo de cada atividade? Faça delas o seu lema.

 

Ao longo desse processo, vale lembrar das seguintes perguntas:

a) Quais são as minhas motivações para isso?

b) Quais os benefícios que terei se colocar em prática minhas tarefas?

Se essa fase de acompanhamento for muito difícil pra você, busque a ajuda de alguém, só não espere chegar o próximo ano para repetir o item na “lista de metas para o ano novo”. A não ser que seja por uma decisão consciente e não pelo esquecimento, falta de tempo…

Fazer a checagem da lista com frequência, poderá te dar a oportunidade de novos começos com um espaço bem menor que 365 dias.

 

“Daqui a um ano você vai desejar ter começado hoje” Karen Lamb

Patrícia SchuindtComo manter-se conectado ao que você quer alcançar este ano?
Ler mais