Sobre alcançar objetivos…

No comments

Quando temos algum objetivo a alcançar, inevitavelmente em alguns momentos poderá vir a vontade de desistir da caminhada…Muito esforço, cansaço, desafios que surgem, dificuldades que não eram previstas. Aquela energia inicial e sensação de que conseguiria alcançar, pode ficar mais distante…

Neste momento, é importante olhar e reconhecer o processo. Será que o imediatismo está dominando? Queria chegar mais rápido e mais fácil?

É importante também ser honesto e pensar: qual a relevância de alcançar aquilo?

Se for algo ainda muito importante, que trará realização na linha de chegada, encontre sua forma de renovar a mente e energias.
Trace novos planos e estratégias. Fale com outras pessoas…faça o que pode fazer, mas continue sua caminhada rumo àquilo que é importante pra você. Tudo o que fazemos ou deixamos de fazer tem consequências. Lembrar-se disso nas atitudes diárias faz diferença.

(créditos imagem: tirachard Freepik)

Patrícia SchuindtSobre alcançar objetivos…
Ler mais

Diálogo interno para alcançar objetivos, sonhos, mudanças.

No comments

Com qual dos dois cérebros da imagem você mais se identifica? Pense em um objetivo, sonho ou mudança que quer atingir – o que você pensa e sente, de verdade?

Faça o exercício e seja sincero consigo mesmo – esses pensamentos e sentimentos, te ajudam ou te atrapalham?

A nossa forma de enxergar, ou seja, o nosso Modelo Mental, impacta nossas ações e a disposição para fazer algo.

Ter consciência sobre a própria mentalidade é um grande passo. Esse autoconhecimento é um processo e pode trazer grandes insights e transformações.

Vejo muitas histórias de pessoas que acreditavam que poderiam alcançar algo importante para elas e mesmo diante de tantas dificuldades e barreiras, conseguiram. Por mais que em determinados momentos fosse mais difícil, persistiram, gerenciaram emoções, buscaram ajuda e mantiveram-se esforçando, com foco no que queriam alcançar.

Por outro lado, muitas pessoas travam no momento em que veem as barreiras. Pessoas com capacidades subutilizadas, por não enfrentarem com coragem seus medos, desânimo, situações adversas ou a ansiedade gerada por um pensamento imediatista em excesso. É comum também encontrar pessoas que não gerenciaram situações de frustração passada ou que têm uma mentalidade muito negativa a respeito das situações ou de si mesmas. E às vezes, nem percebem esse padrão.

Deixo aqui a reflexão: qual é a sua mentalidade?

Patrícia SchuindtDiálogo interno para alcançar objetivos, sonhos, mudanças.
Ler mais

Saiba como lidar bem com objetivos desafiadores.

No comments

Se você tem um objetivo desafiador pela frente – qualquer que seja seu contexto – pode ser que esteja sentindo ansiedade, desespero, medo e a angústia da dúvida – será que vou conseguir?

Allan Beddeley, um importante pesquisador da memória humana e professor da Universidade de York, realizou estudos especialmente sobre a Memória Operacional – parte do cérebro onde ocorrem processos de aprendizagem, raciocínio e compreensão e percebeu que emoções, como o medo e a ansiedade, podem impactar negativamente no desempenho de tarefas cognitivas.

Talvez você consiga perceber isso a partir de sua experiência:

Quando estava nervoso em uma apresentação e não conseguiu falar exatamente o que queria para a plateia;

Quando errou uma música que dominava em uma apresentação;

Quando teve um erro no campeonato, de algo que era simples pra você;

Quando não conseguiu executar ações com o melhor desempenho, mesmo que tecnicamente dominasse 100%;

As emoções podem ajudar ou atrapalhar seu desempenho.

Quero compartilhar com você algumas dicas para que consiga se concentrar no que pode te ajudar neste sentido.

1) Tenha em mente o objetivo que você quer atingir. É muito importante saber qual é o seu alvo e manter os olhos nele. O foco é algo muito poderoso. Lembre-se que onde você coloca sua atenção e a lente que você usa para enxergar, faz toda a diferença.

2) Defina quais são os passos que precisa dar e concentre-se neles. Isso ajuda você a usar seus recursos mentais focados em áreas do cérebro que cuidam do planejamento, raciocínio.

3) Tenha pensamentos e conversas internas positivas, que geram confiança e desta forma te ajudam a usar melhor o seu potencial – o que desperta isso em você? Quais são os pensamentos produtivos a respeito do objetivo?

Esforce-se e faça testes de mudanças –  aos poucos, você poderá evoluir naquilo que parecia um grande obstáculo.

Entre em contato para agendar uma conversa sobre o Coaching, caso queira ajuda  para facilitar o processo diante de um objetivo desafiador ou para obter mudanças – pschuindt@r122coaching.com.br

 

(foto retirada do site: Melhor com saúde)

Patrícia SchuindtSaiba como lidar bem com objetivos desafiadores.
Ler mais

2016 – Recalcular a trajetória e seguir adiante

No comments

Do início do ano até hoje, o quanto você evoluiu com relação àquilo que considerava ser muito importante para você em 2016?

Assim como quando você vai fisicamente de um lugar para outro e precisa pensar: “onde estou, para onde quero ir e como faço pra chegar lá”, precisa pensar sobre as áreas de sua vida fazendo as mesmas perguntas – e ir adiante.

Quando você pensa onde está e se reorganiza, está dando um passo importante para sair da inércia do que vai acontecendo e não será levado por qualquer caminho que aparecer.

Pensando um pouco sobre o momento em que estamos – o meio do ano – fiz um roteiro de perguntas para te ajudar a refletir sobre isso. Separe um tempo para pensar e anote suas respostas (no celular, computador ou com papel e caneta). Muitas pessoas têm relatado diminuição de ansiedade e insegurança, pelo fato de “tirar as coisas da cabeça, colocar no papel e ir pra prática”. Experimente fazer isso também.

Vamos voltar um pouco ao tempo – Quais foram as principais decisões, metas e planos, para sua vida pessoal profissional, espiritual, saúde, relacionamentos…?

– O quanto você já evoluiu com relação a isso?

– Quais são as adaptações que você precisa fazer para continuar caminhando em direção ao que quer?

– Que pensamentos e comportamentos você quer manter e reforçar?

– O que você ganha se persistir?

– Quais são seus próximos passos? (Separe pequenos e grandes passos – siga adiante!)

– Tem algo ou alguém que possa te ajudar?

Gerenciar seu tempo e seus planos é fazer escolhas quanto à sua vida, pois cada dia do ano, vai ser uma página em sua história. Sobre muitas coisas você não tem controle, mas aquilo que depender de você, faça da melhor maneira que puder.

Patrícia Schuindt2016 – Recalcular a trajetória e seguir adiante
Ler mais

Eureka de cada um – Ser honesta comigo e ter decisões maduras

No comments

Como você age com relação ao que planejou? Estabeleça metas conscientes sobre o que é importante pra você e persista no que definiu, fazendo adaptações necessárias.

Veja o insight de uma cliente de Coaching: “Quero ser honesta comigo mesma – executar o que planejei. Se determino metas e não coloco em ação, estou me enganando. Quero ser madura nas minhas decisões e fazer escolhas conscientes.”

O que você aprende com ela?

Patrícia SchuindtEureka de cada um – Ser honesta comigo e ter decisões maduras
Ler mais

Luz, Câmera, Ação

No comments

O que você quer? Faça planos, sonhe, deixe fluir suas ideias…

 

Mas, atenção: olhar exageradamente para o futuro, para tudo o que há por realizar, focar no que falta, olhar tudo como não sendo suficiente, pode ser uma tendência perigosa, resultando em ansiedade e insatisfação constantes. Reconheça seu esforço, conquistas, avanços, mudanças, crescimento, superações, aprendizados.

Reconheça o que você já fez e quem você é!

E, então, O que você pode fazer hoje? É no presente que você pode estar e agir.

Saia das ideias, vá para a prática. Não espere a possibilidade de andar todos os passos de uma vez ou de dar enormes passos; siga adiante em doses ajustadas ao que é possível fazer no momento. Quando perceber, já avançou!

Patrícia SchuindtLuz, Câmera, Ação
Ler mais

Avanço sob medida – qual é seu método? Faça o exercício.

No comments

Se você pesquisar conteúdos sobre MÉTODOS PARA CUMPRIR METAS, ALCANÇAR SONHOS, TER MAIS FOCO, terá milhões de opções de leituras, dicas, etapas, passos, metodologias, segredos de sucesso.

Mas, porque será que mesmo com tanta informação de qualidade, algumas pessoas, ou muitas pessoas, ou a maioria das pessoas, não conseguem ou tem dificuldades de lidar com essas questões?

Acredito que buscar metodologias, ouvir especialistas e pessoas que conseguiram “chegar lá”, seja muito relevante, pois ajuda na elaboração de ideias, na criação de novas práticas e pode facilitar esse processo de mudança!
Mas, o grande ponto que gostaria de transmitir com esse texto é que para essas questões, definitivamente, não existe um padrão universal que funcione para todos. É preciso aplicar esses conhecimentos em sua vida, considerando o seu jeito de ser, o seu funcionamento, a sua personalidade, o seu momento de vida, a sua motivação. Por isso, crie o seu próprio método. Permita-se ter um tempo de construção.

Dedique, sim, um tempo para conhecer o que há no mercado em termos de metodologia e dicas, coloque em prática por fases e tenha novas ideias a partir disso. Continue a construção. Aqui o sentido é continuar, se adaptar. Entre em um processo e não espere respostas imediatistas de você mesmo.

E aí vem um segundo ponto: em momentos onde ocorre um erro, uma falha, ou em que algo não deu certo, muitas pessoas desistem e abandonam a intenção inicial e, assim, voltam aos dilemas e inércia diários. Talvez aí esteja a oportunidade de uma grande observação a se fazer – o que deu certo e o que deu errado? O que eu poderia continuar fazendo e o que eu preciso adaptar? Reforce as conquistas, por menores que pareçam. Não é possível percorrer 1 Km com apenas um passo, mas, com um passo de cada vez, você pode alcançar 1 Km, não é mesmo?

Mudar requer esforço! Nosso cérebro gasta energia quando novos hábitos estão sendo formados, mas à medida que vamos incorporando novas atitudes e atividades na rotina, ele pode ir automatizando aquilo, por isso, a ideia de insistir, mesmo quando ainda exista um esforço consciente.

Você se lembra de como foi quando começou a digitar no computador? Pense agora – como é hoje? A velocidade da digitação aumentou ao longo do tempo? Você precisa pensar em cada letra que vai escrever? Quanto mais as pessoas usam o computador, mais automático vai ficando.

O que facilita esse processo de transformação é a intenção. Toda vez que colocar metas para si, decidir focar em algo, estiver pensando em seu sonho, vale a pena ter muito claro – para que isso?

Qual é o motivo de colocar isso como meta? O que vai acontecer se eu conseguir permanecer mais focado? O que vai acontecer se eu conseguir persistir rumo ao meu objetivo? Escreva as respostas e mantenha em local visível ou que você acesse com frequência ideal para permanecer conectado a isso. O nosso cérebro precisa de lembretes, ajude-o da forma mais criativa que puder!!!

Agora, se você leu até aqui, topa uma brincadeira? Responda as seguintes questões:

 

O que posso fazer para não cumprir minhas metas?

Qual é o meu segredo para perder a concentração?

Qual o impacto positivo de gastar meu tempo com atividades sem utilidade, superficiais e que me desviam do que é importante para mim?

Agora tire a palavra “não”, da primeira pergunta. E responda novamente. Troque a palavra “perder”, por “manter”, na segunda. Responda novamente. Troque “positivo” por negativo na última. Responda novamente. Quais são seus pensamentos agora?

Escreva-os e transforme em ações!

estar disposto a errar para poder acertar.

Quais são os pensamentos que te vêm à mente? Escreva-os e transforme em ações práticas.

Ps. A foto foi tirada por minha mãe, Inês Kühl, que é costureira e sabe bem como fazer roupas sob medida – cada pessoa tem tamanhos e gostos diferentes e por mais que existam medidas padrão que dão ótimas roupas, ajustes finos para cada pessoa fazem a diferença.

Patrícia SchuindtAvanço sob medida – qual é seu método? Faça o exercício.
Ler mais